02 de junio de 2021

Guias de espécies - Lycaenidae - Theclinae

Subfamília Theclinae

Os licanídeos são borboletas neotropicais conhecidas pela sua grande diversidade. De acordo com a wikepedia, em inglês, “Lycaenidae é a segunda maior família de borboletas (atrás apenas de Nymphalidae), com mais de 6.000 espécies em todo o mundo... Eles constituem cerca de 30% das espécies conhecidas de borboletas."

A família Lycaenidae está dividida em sete subfamílias com duas representadas na região Neotropical: Aphnaeinae, Curetinae, Lycaeninae, Miletinae, Polyommatinae, Poritiinae e Theclinae.

Os nomes das espécies são links para a página geral da espécie onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações.

Allosmaitia strophius

Arawacus ellida

Arzecla tucumanensis

Aubergina vanessoides

Brangas neora

Calycopis calor

Calycopis caulonia

Calycopis talama

Cyanophrys acaste

Cyanophrys herodotus

Electrostrymon endymion

Gargina gnosia

Hemiargus hanno

Hemiargus hanno hanno

Kisutam syllis

Kolana ergina

Leptotes cassius

Ministrymon azia

Ministrymon una

Ministrymon una una

Nicolaea besidia

Oenomaus ortygnus

Ostrinotes empusa

Ostrinotes sophocles

Panthiades hebraeus

Rekoa palegon

Rubroserrata ecbatana

Strymon astiocha

Strymon bazochii

Strymon bubastus

Strymon cestri

Strymon crambusa

Strymon mulucha

Strymon rufofusca

Strymon ziba

Symbiopsis strenua

Theclopsis lydus

Tmolus echion

Zizula cyna

Ingresado el 02 de junio de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

26 de mayo de 2021

Guias de espécies - Nymphalidae - Satyrinae

Subfamília Satyrinae

De acordo com o projeto Tree of Life (em inglês), “Satyrinae agora inclui Morphini, Brassolini e Amathusiini, táxons que anteriormente eram considerados subfamílias ou mesmo famílias por direito próprio. A família é ampla, com representantes que vão do Ártico à Terra do Fogo e ocorrendo em todos os continentes, exceto na Antártica. A preponderância da diversidade é tropical. Todas as sátiras têm larvas com "caudas" bífidas, a maioria se alimentando de monocotiledôneas. Os adultos freqüentemente apresentam manchas oculares grandes na superfície ventral e, às vezes, na dorsal das asas”.

A subfamília é composta por nove tribos (quatro delas com espécies no Brasil) e dois gêneros: Amathusiini, Brassolini, Dirini, Elymniini, Haeterini, Melanitini, Morphini, Satyrini, Zetherini e os gêneros Boeberia e Elymniopsis.

As imagens apresentadas neste boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo detentor dos direitos. Ao clicar em qualquer imagem uma nova aba apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica.

Os nomes das tribos na lista abaixo são links para a página geral própria onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações. O nome da tribo ou gênero sobre as fotos apresenta todas as observações registradas para o Brasil. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para a tribo, nesta região, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo).

Tribos e Gêneros de Satyrinae (Nymphalidae, Papilionoidea) representados neste boletim:

Brassolini

Melanitini

Morphini

Satyrini

Tribo Brassolini (Nymphalidae)

(Fotos 1 by Jhonatan Santos, 2 by Rogerio Dias e 3 by Tarcisio Pavanelli)

Tribo Melanitini (Nymphalidae)

(Fotos 1 by jmmaes e 2 by Robby Deans)

Tribo Morphini (Nymphalidae)

(Foto 3 by csparr)

Tribo Satyrini (Nymphalidae)

(Foto 3 by Giff Beaton)
Ingresado el 26 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

Guias de espécies - Nymphalidae - Nymphalinae

Subfamília Nymphalinae

De acordo com o projeto Tree of Life (em inglês), “Nymphalinae compreende cerca de 500 espécies distribuídas ao redor do mundo. Várias espécies do grupo têm sido estudadas intensamente, como Euphydryas, Melitaea, Junonia e Polygonia. A divisão territorial de Nymphalinae tem desfrutado de uma história dinâmica, pois vários autores consideraram vários grupos de espécies para representar a centralidade na subfamília. A circunscrição atual foi parcialmente sugerida por Harvey (1991) e Wahlberg et al. (2005), resultando na inclusão de Coeini na subfamília. As plantas hospedeiras de Nymphalinae estão, principalmente, nas famílias Urticaceae, Asteraceae, Acanthaceae, Plantaginaceae e Scrophulariaceae.

Wahlberg (2006) usou evidências fósseis e dados moleculares para chegar a uma idade de cerca de 65 milhões de anos para a subfamília (sem incluir Coeini, que ainda tem problemas de classificação). Esta idade é surpreendentemente antiga (acredita-se que a idade das borboletas tenha cerca de 70 milhões de anos), mas sugere que o grande evento de extinção na fronteira do Cretáceo / Terciário (mais conhecido pelo ponto no tempo em que os dinossauros foram extintos) teve um efeito significativo na evolução das borboletas."

A subfamília é composta por seis tribos e um gênero: Coeini, Junoniini, Kallimini, Melitaeini, Nymphalini, Victorinini o gênero Prodryas (extinto).

As imagens apresentadas neste boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo detentor dos direitos. Ao clicar em qualquer imagem uma nova aba apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica.

Os nomes das tribos na lista abaixo são links para a página geral própria onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações. O nome da tribo ou gênero sobre as fotos apresenta todas as observações registradas para o Brasil. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para a tribo ou gênero, nesta região, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo).

Tribos e Gêneros de Nymphalinae (Nymphalidae, Papilionoidea) representados nesteboletim:

Coeini

Junoniini

Kallimini

Melitaeini

Nymphalini

Victorinini

Tribo Coeini (Nymphalinae)

(Fotos 1 by Amanda Montanhini, 2 by Jhonatan Santos e 3 by Augusto Rosa)

Tribo Junoniini (Nymphalinae)

(Fotos 1 by Lilian Tomazelli, 2 by Ana Carolina da Fonte e 3 by Matías Zarucki)

Tribo Kallimini (Nymphalinae)

(Fotos 1 e 2 by Jaunne-Marelize Van Tonder , 3 by Soh Kam Yung)

Tribo Melitaeini (Nymphalinae)

Tribo Nymphalini (Nymphalinae)

(Foto 3 by Rogerio Dias)

Tribo Victorinini (Heliconiini)

(Foto 1 by Carlos A S Correia e 3 by Fischer)
Ingresado el 26 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

25 de mayo de 2021

Guias de espécies - Nymphalidae - Limenitidinae

Subfamília Limenitidinae

De acordo com a wikipedia (em inglês), “os Limenitidinae são uma subfamília de borboletas que inclui almirantes e relativos. Os nomes comuns de muitas espécies e gêneros fazem referência a patentes militares ou - nomeadamente os Adoliadini – a títulos de nobreza (por exemplo, conde, duque, barão e marquês), em referência ao grande tamanho destas borboletas, seus padrões ousados e voo arrojado. Em particular, a faixa de luz que atravessa as asas de muitos Limenitidini lembrava, aos autores antigos, as marcas de ombro e dragonas de oficiais (por exemplo, almirante, comandante, comodoro, etc). Em voo, muitas dessas borboletas têm o hábito de bater as asas de um modo que o lado superior – geralmente brilhante - e o lado inferior se alternam para o observador, pois planam por longas distâncias com as asas imóveis estendidas. Os nomes comuns de alguns Limenitidinae, como ‘aviões’ ou ‘planadores’ - referem-se a este padrão de voo".

A subfamília é composta pelas tribos Adoliadini, Limenitidini, Neptini, Parthenini e os gêneros Lamasia, Neurosigma e Patsuia.

Optei por apresentar apenas exemplares do gênero Adelpha (Limenitidini), único com registros na base de dados iNaturalist para o Brasil, confirmados ou não, até 24/05/2021. Clique aqui para ver uma lista de todas as espécies listadas no gênero, inclusive aquelas ainda não observadas. Pode-se mudar os filtros de busca em qualquer dos links apresentados, inclusive o da categoria taxonômica.

As imagens apresentadas neste boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo detentor dos direitos. Ao clicar em qualquer imagem uma nova aba apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica.

Os nomes das espécies sobre as fotos apresentam todas as observações observadas no Brasil. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para as subespécies, se estiverem identificadas, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo), quando anotado em cada observação. Caso não se encontre qualquer anotação e não existam subespécies, mostrará o mesmo resultado de “adultos”.

A. abia

(Foto 1 by Eden Fontes e 2 by Roberto Cyrino)

A. barnesia

(Foto 1 by nereston-camargo e 2 by Sidnei Dantas)

A. boeotia

(Fotos 1 e 2 by Sidnei Dantas)

A. calliphane

(Fotos 1 by Eden Fontes e 2 by Roberto Cyrino)

A. capucinus

(Fotos 1 by Sidnei Dantas e 2 by Rich Hoyer)

A. cocala

(Fotos 1 by andersonwarkentin e 2 by Arnold Wijker)

A. cytherea

(Foto 3 by rudygelis)

A. epione

(Foto 1 by Rich Hoyer e 2 by Sidnei Dantas)

A. epizygis

(Foto 1 by David Renoult)

A. erotia

(Fotos 1 by maurohoffmann e 2 by Robby Deans)

A. gavina

(Fotos 1 e 2 by sergiomessias)

A. hyas

(Fotos 1 by henriqueandrades e 2 by Roberto Cyrino)

A. iphicleola

(Fotos 1 by Leandro Bareiro Guiñazú e 2 by Leslie Flint)

A. iphiclus

(Fotos 1 by Pete Woodall, 2 by leithallb e 3 by Jeir Ortega Galvan)

A. lycorias

(Fotos 1 by Christopher Shepherd e 2 by Augusto Rosa)

A. malea

(Fotos 1 by João Menezes e 2 by elsielaura)

A. melona

(Fotos 1 by tnaturalist e 2 by Carlos Schmidtut)

A. mesentina

(Fotos 1 e 2 by Sidnei Dantas)

A. mythra

(Fotos 1 e 2 by Luciano Bernardes)

A. naxia

(Fotos 1 by mikecowlard e 2 by Jan Meerman)

A. paraena

(Fotos 1 e 2 by Sidnei Dantas)

A. plesaure

(Fotos 1 by Marco Silva e 2 by nancynorman)

A. pollina

(Fotos 1 by belgianbirding e 2 by Rodrigo Silva Pinto Jorge)

A. poltius

(Foto 1 by bettinadungs)

A. serpa

(Fotos 1 by Alessandra Dalia, 2 by edvandroabreuribeiro e 3 by obedzumaya)

A. syma

(Fotos 1 by Tarcisio Pavanelli e 2 by Rosa Leticia Pinto )

A. thesprotia

(Fotos 1 by far e 2 by shirdipam)

A. thessalia

(Fotos 1 by JJ Stupka e 2 by Roberto Cyrino)

A. thoasa

(Fotos 1 e 2 by Sidnei Dantas)

A. zea

(Fotos 1 by Santiago e 2 by Carlos Schmidtutz)
Ingresado el 25 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

24 de mayo de 2021

Guias de espécies - Nymphalidae - Libytheinae

Subfamília Libytheinae

Segundo a wikipedia, em inglês, “Libytheinae é uma subfamília de ninfalídeos conhecida como borboletas ‘de focinho’, contendo dois gêneros válidos e cerca de dez espécies: seis em Libythea e quatro em Libytheana. O nome comum se refere aos palpos labiais grossos (pedipalpos) que se parecem com um ‘focinho’ nesta subfamília. Na literatura mais antiga, esse grupo era conhecido como família Libytheidae. Eles são de tamanho médio e normalmente de um marrom monótono. As patas dianteiras são reduzidas em comprimento e as asas posteriores ventrais são cripticamente coloridas para ajudá-las a se misturar com o ambiente. Quando em repouso, os membros desta subfamília mantêm as asas bem fechadas para se assemelharem a folhas mortas”. O iNaturalist reconhece 10 espécies em Libythea (uma extinta) e quatro em Libytheana. Já o projeto Tree of life (em inglês) reconhece quinze espécies, sendo duas extintas.

Optei por apresentar apenas os gêneros com ocorrências observadas no iNaturalist, no Brasil, até a data original de publicação deste boletim (06/03/2021). O gênero Libythea não tem ocorrências registradas no iNat para a América do Sul. Pode-se mudar os filtros de busca em qualquer dos links apresentados, incluindo a categoria taxonômica, e alcançar qualquer região do planeta a qualquer tempo.

As imagens apresentadas neste boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo detentor dos direitos. Ao clicar em qualquer imagem uma nova aba apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica para o “Local de pesquisa padrão” (Perfil).

Os nomes das espécies na lista abaixo são links para a página geral própria onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações. O nome da espécie sobre as fotos apresenta todas as observações registradas para o “Local de Pesquisa Padrão”. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para o gênero, nesta região, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo).

Espécies de Libytheana (Libytheinae, Nymphalidae) representadas neste boletim:

L. carinenta

L. fulvescens

L. motya

L. terena

Libytheana carinenta

(Foto 3 by Giff Beaton)

Libytheana fulvescens

(Foto 1, Type specimen by ©Butterflies of America)

Libytheana motya

(Foto 1 by Andre Hosper NL, 2 by shirdipam )

Libytheana terena

(Foto 1 by Lisa Johnson, 2 by Pedro Genaro Rodriguez)
Ingresado el 24 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

23 de mayo de 2021

Guias de espécies - Nymphalidae - Charaxinae

Subfamília Charaxinae

Charaxinae é uma subfamília da família Nymphalidae e está bem descrita neste artigo da wikipedia.

A subfamília é composta por seis tribos: Anaeini, Anaemorphini, Charaxini (regiões do holártico europeu, afro-tropical, indo-malaio e Oceania), Pallini (região afro-tropical), Preponini e Prothoini (região indo-malaia e Indonésia).

Optei por apresentar apenas os gêneros com ocorrências observadas no iNaturalist, no Brasil, até a data original de publicação deste boletim (06/03/2021). O boletim ficaria muito longo ao apresentar todas as categorias e o retorno das buscas traria, muito frenquentemente, apenas respostas vazias. Entretanto, pode-se mudar os filtros de busca em qualquer dos links apresentados, inclusive a categoria taxonômica, e alcançar qualquer região do planeta a qualquer tempo.

As imagens apresentadas neste boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo detentor dos direitos. Ao clicar em qualquer imagem uma nova aba apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica para o “Local de pesquisa padrão” (Perfil).

Os nomes dos gêneros na lista abaixo são links para a página geral própria onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações. O nome do gênero sobre as fotos apresenta todas as observações registradas para o “Local de Pesquisa Padrão”. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para o gênero, nesta região, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo).

Subtribos e Gêneros de Charaxinae (Nymphalidae, Papilionoidea) representados neste boletim:

Fountainea

Memphis

Siderone

Zaretis

Archaeoprepona

Prepona

Gênero Fountainea (Anaeini)

(Fotos 1 e 2 by Alenilson)

Gênero Memphis (Anaeini)

(Fotos 1 e 2 by Ken Kertell, 3 by pauliinact)

Gênero Siderone (Anaeini)

(Fotos 1 e 2 by Louis Imbeau

Gênero Zaretis (Anaeini)

(Fotos 1 e 2 by Alessandra Dalia, 3 by Amanda Montanhini)

Gênero Archaeoprepona (Preponini)

(Fotos 1 by Miranda85 e 2 by Onildo João Marini Filho)

Gênero Prepona (Preponini)

(Fotos 1 by a_f_r, 2 by Filho Manfredini e 3 by deboas)
Ingresado el 23 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

Guias de espécies - Nymphalidae - Heliconiinae

Subfamília Heliconiinae

Heliconiinae é uma subfamília da família Nymphalidae e está bem descrita neste artigo da wikipedia.

A subfamília tem quatro tribos: Acraeini, Argynnini, Heliconiini e Vagrantini (região afro-tropical, indo-malaia e Oceania).

Optei por apresentar apenas os gêneros com ocorrências observadas no iNaturalist, no Brasil, até a data original de publicação deste boletim (06/03/2021). O boletim ficaria muito longo ao apresentar todas as categorias e o retorno das buscas traria, muito frenquentemente, apenas respostas vazias. Entretanto, pode-se mudar os filtros de busca em qualquer dos links apresentados, inclusive a categoria taxonômica, e alcançar qualquer região do planeta a qualquer tempo.

Os nomes dos gêneros na lista abaixo são links para a página geral própria onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações. O nome do gênero sobre as fotos apresenta todas as observações registradas para o “Local de Pesquisa Padrão”. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para o gênero, nesta região, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo).

As imagens apresentadas neste boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo detentor dos direitos. Ao clicar em qualquer imagem uma nova aba apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica para o “Local de pesquisa padrão” (Perfil).

Subtribos e Gêneros de Heliconiinae (Nymphalidae, Papilionoidea) representados neste boletim:

Actinote

Agraulis

Dione

Dryadula

Dryas

Eueides

Heliconius

Neruda

Philaethria

Gênereo Actinote (Acraeini)

Gênereo Agraulis (Heliconiini)

Gênereo Dione (Heliconiini)

(Foto 3 by Gail Hampshire)

Gênereo Dryadula (Heliconiini)

(Fotos 1 e 2 by Tim Hirsch, 3 by Jeir Ortega Galvan)

Gênereo Dryas (Heliconiini)

(Foto 3 by Jhonatan Santos )

Gênereo Eueides (Heliconiini)

(Foto 3 by Diogo Luiz)

Gênereo Heliconius (Heliconiini)

(Foto 3 by Diogo Luiz)

Gênereo Neruda (Heliconiini)

(Foto 1 by Ruben e 2 by belgianbirding)

Gênereo Philaethria (Heliconiini)

(Foto 1 by Sérgio Messias, 2 by Paul Ojuara e 3 by Jan Meerman)
Ingresado el 23 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

22 de mayo de 2021

Guias de espécies - Nymphalidae - Danainae

Subfamília Danainae

Danainae é uma subfamília da família Nymphalidae que engloba as monarcas, borboletas-corujas e afins. Inclui as Daniadae, que põem seus ovos em várias plantas leitosas e as Ithomiini (borboletas de asas transparentes).

Existem mais de 300 espécies de Danainae em todo o mundo. A maioria das Danaini é encontrada na Ásia tropical e na África, enquanto as Ithomiini são encontradas principalmente no Neotrópico.

A subfamília possui apenas três tribos: Danaini, Ithomiini e Tellervini (restrita à Oceania).

Optei por apresentar apenas as subtribos e gêneros com ocorrências observadas no iNaturalist, no Brasil, até a data original de publicação deste boletim (06/03/2021). O boletim ficaria muito longo ao apresentar todas as categorias e o retorno das buscas traria, muito frenquentemente, apenas respostas vazias. Entretanto, pode-se mudar os filtros de busca em qualquer dos links apresentados, e alcançar qualquer região do planeta a qualquer tempo.

Os nomes das subtribos e gêneros na lista abaixo são links para a página geral própria onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações. O nome da subtribo ou gênero sobre as fotos apresenta todas as observações registradas para o “Local de Pesquisa Padrão”. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para o gênero, nesta região, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo).

As imagens apresentadas neste boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo detentor dos direitos. Ao clicar em qualquer imagem uma nova aba apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica para o “Local de pesquisa padrão” (Perfil).

Subtribos e Gêneros de Danainae (Nymphalidae, Papilionoidea) representados neste boletim:

Danaina

Euploeina

Dircennina

Aeria

Greta

Heterosais

Hypoleria

Hypothyris

Ithomia

Mechanitis

Methona

Oleria

Tithorea

Subtribo Danaina (Danaini)

(Foto 3 by Alessandra Dalia)

Subtribo Euploeina (Danaini)

(Foto 1 e 2 by Alessandra Dalia)

Subtribo Dircennina (Ithomiini)

(Foto 3 by Diogo Luiz)

Gênero Aeria (Ithomiini)

Gênero Greta (Ithomiini)

(Fotos 1 by Diogo Luiz e 2 by Larissa Ávila)

Gênero Heterosais (Ithomiini)

Gênero Hypoleria (Ithomiini)

Gênero Hypothyris (Ithomiini)

Gênero Ithomia (Ithomiini)

Gênero Mechanitis (Ithomiini)

Gênero Methona (Ithomiini)

Gênero Oleria (Ithomiini)

(Fotos 1 by Simon Tonge e 2 by desertnaturalist)

Gênero Tithorea (Ithomiini)

(Fotos 1 e 2 by by Amanda Montanhini)
Ingresado el 22 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

21 de mayo de 2021

Guias de espécies - Nymphalidae - Biblidinae

Subfamília Biblidinae

A subfamília se subdivide em sete tribos: Ageroniini, Biblidini, Callicorini, Catonephelini, Epicaliini, Epiphelini e Eubagini.

Este excelente guia ilustrado, em Português, criado pelo ICMBio, apresenta várias ilustrações de borboletas frugívoras do Cerrado, incluindo biblidinaes.

Ao clicar em qualquer foto você será direcionado a um site iNaturalist que apresentará as observações mais recentes desta categoria taxonômica para o “Local de Pesquisa padrão” (definido no Perfil do usuário).

Os nomes dos gêneros na lista abaixo são links para a página geral do táxon onde se poderá acessar observações, o mapa de distribuição geográfica, a classificação taxonômica, espécies semelhantes e outras informações. O nome do gênero sobre as fotos apresenta todas as observações registradas para o “Local de Pesquisa Padrão”. Clicando sobre as fotografias pode-se ver as observações disponíveis na base de dados iNaturalist para o gênero, nesta região, porém selecionadas por estágio de vida (adulto, larva, pupa e/ou ovo). Não existindo observações de larvas, pupas ou ovos, o resultado da pesquisa é o mesmo de adultos.

Gêneros de Biblidinae (Nymphalidae, Papilionoidea) representados neste boletim:

Callicore

Catagramma

Catonephele

Diaethria

Dynamine

Ectima

Eunica

Haematera

Hamadryas

Temenis

Callicore (Callicorini)

(Foto 3 by Instituto Últimos Refúgios)

Catagramma (Callicorini)

(Fotos 1 e 2 by Alessandra Dalia)

Catonephele (Catonephelini)

(Fotos 1 e 2 by Alessandra Dalia, Foto 3 by Andreas Kay)

Diaethria (Callicorini)

(Foto 3 by Alessandra Dalia)

Dynamine (Eubagini)

Ectima (Ageroniini)

(Foto 1 e 2 by Alessandra Dalia)

Eunica (Catonephelini)

Haematera (Callicorini)

(Foto 1 by eamonccorbett, 2 by Diogo Luiz )

Hamadryas (Ageroniini)

Temenis (Epiphelini)

(Foto 1 by Andrew Neild, 2 by José Roberto Peruca)

Ingresado el 21 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

Guia de espécies - Borboletas e Mariposas

Guias, em geral, são livros ilustrados com desenhos, diagramas, esquemas ou fotos que descrevem espécies de um bioma específico ou uma área geograficamente delimitada. Fornecem informações sobre hábitos, comportamentos, interações com outras espécies, área de ocorrência e marcas diferenciais que permitem comparar espécies anatomicamente semelhantes. Objetiva ajudar a identificar corretamente o espécime observado.

Estes boletins-guia pretendem apresentar espécies icônicas e/ou raras dos diferentes reinos e incorporar, futuramente, mecanismos de consulta on-line afim de tornar-se um guia de espécies interativo. Também almeja incoporar funcionalidades de impressão seletiva para uso em campo.

Borboletas (Superfamília Papilionoidea)

Paulatinamente, os boletins-guia serão expandidos com o intuito de incorporar o maior número de famílias de borboletas e mariposas, bem como de outras categorias taxonômicas.

As imagens apresentadas em todos os boletim são de minha autoria ou estão liceciadas sob Creative Commons conforme o site de busca de imagens em cc ou estão em CC0/CC-BY no iNat ou, ainda, explicitamente autorizadas pelo usuário iNat. Ao clicar em qualquer foto você será direcionado a um site iNaturalist que apresentará as observações mais recentes da categoria taxonômica, em todo o “Local de Pesquisa Padrão” (definido no Perfil do usuário - clique na sua imagem de perfil para editá-lo). Você pode alterar os filtros e comparar a sua observação com registros de outras regiões, caso queira.

As imagens abaixo são representativas das subfamílias de borboletas Nymphalidae (Papilionoidea). Uma série de boletins-guia específicos será desenvolvida para cada família de borboletas e, também, para as mariposas, de modo similar a este.

Os nomes das subfamílias abaixo podem ser clicados para se obter informações detalhas sobre elas. O cabeçalho de cada grupo de fotos fornece todas as observações ocorridas até o momento no “Lugar de Pesquisa Padrão” para a subfamília. A foto também pode ser clicada e uma aba será aberta com todas as observações registradas para o “Lugar de Pesquisa”, mas apenas para o estágio de vida (adulto, larva ou pupa) correspondente à foto, podendo retornar adultos, no último caso, se nenhuma observação atender ao requisito. Se uma determinada foto não mostrar a “mãozinha", significa que é do mesmo grupo taxonômico e estágio de vida da foto à esquerda. Em cada subfamília serão apresentadas, quando possível, uma foto com asas abertas (adulto), outra com asas fechadas (adulto) e a última de uma lagarta, casulo ou ovo.

Subfamílias de Nymphalidae (Papilionoidea, Lepidoptera) representadas neste boletim:


Biblidinae

Cyrestinae

Heliconiinae

Libytheinae

Limenitidinae

Lycaenidae

Nymphalinae

Satyrinae

Subfamília Biblidinae

Subfamília Cyrestinae

(Fotos 2 by Carlos A S Correia e 3 by Tsssss)

Subfamília Danainae

Subfamília Heliconiinae

Subfamília Libytheinae

Subfamília Limenitidinae

(Foto 3 by Tsssss)

Subfamília Lycaenidae

Subfamília Nymphalinae

Subfamília Satyrinae


Ingresado el 21 de mayo de 2021 por douglas-u-oliveira douglas-u-oliveira | 0 comentarios | Deja un comentario

Archivos